Actividades Online

Presença Luminosa – O Despertar espiritual nas sabedorias do mundo

Sessões orientadas por Paulo Borges

Curso Online

8, 15, 22 e 29 de Abril, 6, 13, 20 e 27 de Maio - 20:30 - 22:30

(animismo, hinduísmo, budismo, taoismo, judaísmo, cristianismo, islamismo)

Curso teórico-prático on-line

 

E se tudo fosse uma Presença luminosa, sem princípio nem fim, aquilo a que uns chamam “Buda”, outros “Deus”, outros “Tao”, outros “Brahman” e outros o que não tem nome?

E se a tua essência, tal como a de tudo quanto existe, nada fosse senão esta mesma Presença infinita, consciente e amorosa, livre de nascimento e morte?

E se o que chamas “eu” não fosse senão a máscara desta Presença, que num sentido a manifesta e noutro a encobre?

E se toda a tua vida, bem como a vida do universo e de todos os seres, nada fosse senão a manifestação contínua desta Presença?

E se tudo o que experiencias, gratificante ou doloroso, não fossem senão oportunidades para reconheceres quem verdadeiramente és?

E se tudo o que mais procuras – liberdade, felicidade, conhecimento, amor, poder, riqueza, realização – não fossem senão qualidades desta Presença que é a verdade mais funda de ti e de tudo?

E se o sentido último e supremo da tua vida e do cosmos fosse descobrires e realizares isto, para assim ajudares os outros a cumprirem-se plenamente?

E se tudo isto fosse o Tesouro que és e ignoras, enquanto estiveres a dormir e sonhar que não és desde sempre a plenitude que procuras?

E se desde tempos imemoriais até hoje muitos seres humanos, mulheres e homens como tu, houvessem despertado e, movidos por amor e compaixão, tivessem deixado mensagens e instruções claras sobre como podes também despertar do sono e do esquecimento para a fruição da Preciosa Jóia em ti escondida?

Programa

O objectivo deste curso é conhecer e praticar as mensagens e instruções fundamentais das tradições de sabedoria do mundo para reconhecermos e desfrutarmos de quem realmente somos, tornando evidente que este é um caminho para todos, seja qual for o nosso carácter e tipo de vida, e não apenas para alguns.

Serão fornecidos textos de apoio e serão propostos exercícios de reflexão e meditação semanais, tanto formais como informais.

O objectivo é reconhecer e experienciar a Presença Luminosa em si, nos outros e em todas as experiências e situações da vida quotidiana, bem como reconhecer a convergência das diferentes tradições espirituais e cultivar uma consciência inter-espiritual e universalista que contribua para a compreensão, paz e harmonia entre os diferentes povos, culturas e religiões da Terra.

O curso visa oferecer uma alternativa sapiencial e saudável a um ciclo de civilização marcado pela distração, depressão, negatividade, consumismo, (auto)opressão, polarização e conflitos externos e internos.

A mensagem passa por mostrar ser possível invertermos este rumo e contribuirmos para o advento de uma Irmânia, uma comunidade inter-espiritual sábia, amorosa, compassiva e criativa.

I – Características do sono: egocentramento e estreiteza; sensação de separação e desconexão; conversa mental; abstracção e alheamento; ansiedade, insatisfação e sentimento de falta; percepção despotenciada; identidade grupal exclusiva; busca de distracção; consumo; necessidade de ser aceite e validado; vulnerabilidade.

Características do Despertar, temporário e último: sensação de união ou não-separação com a essência de tudo; quietude e abertura; autosuficiência; amor, compaixão e altruísmo; sensação de vida trans-pessoal; consciência ampliada da realidade; alegria e felicidade de ser.

O Despertar natural e espontâneo, fora das tradições. Casos contemporâneos.
A diferença e complementaridade entre autoconhecimento psicológico e Despertar espiritual.

O mito dos mitos: separação e viagem, encontro, regresso e partilha da mensagem (Joseph Campbell).

II – Animismo. Viver em comunhão com Wakan Tanka, o “Grande Espírito” ou “Grande Mistério”; que circula em todas as formas de vida. Tudo está animado: respeitar as pessoas espirituais presentes em todas as formas de vida. A busca da Visão e a vocação xamânica.

Meditação: sentar na Terra, saudar o Sol e respirar o Ar Sagrado com todos os seres.

III – Hinduísmo. Dos sacrifícios védicos ao sacrifício da ignorância reconhecendo a identidade entre atman e Brahman, si e o Todo, nos Upanishades.
As “grandes palavras” Ahaṁ Brahmāsmi (Eu sou Brahman), Tat tvam asi (Tu és Isso). Os três estados de consciência – vigília, sonho e sono sem sonhos – e o “quarto” (turiya): consciência pura. Quem somos? Neti, neti: nem isto, nem aquilo.

Os quatro fins da vida humana: kama (busca do prazer), artha (vida familiar, social e profissional), dharma (vida moral e religiosa) e moksha (libertação). A imersão no oceano do Brahman, o estado de jivan-mukta (liberto em vida) e a orientação dos outros.

Meditação: pranayama e investigação sobre quem é que vê sem ser visto (Brihadaranyaka Upanishad).

IV – Budismo: os três veículos, Hinayana, Mahayana e Vajrayana. As quatro nobres verdades: o nirvana natural e o caminho para o “incondicionado”, livre de avidez, ódio e ilusão. Atman e anatman: impermanência, interdependência e multiplicidade. Vacuidade e compaixão universais. A não-dualidade de vazio e forma, verdade absoluta e relativa, samsara e nirvana. A natureza vazia, luminosa e criativa da consciência: ser Buda aqui-agora. Os oito estados de consciência e a consciência pura, na escola Cittamatra/Yogachara. A natureza de Buda como a natureza da mente no Dzogchen e no Mahamudra. A natureza cósmica de Buda em Dogen.

Meditação com objecto, consciência aberta e não-meditação. Tonglen: respirar amorosa e compassivamente pelo bem de todos os seres. A visão da pureza de todos os fenómenos.

IV – Taoismo: Tao sem nome, Tao com nome e a não-dualidade de ausência (wu) e presença (yu). A espontaneidade do agir sem agir (wei wu wei), a benevolência sem expectativas e o "ensinamento sem palavras". Ser como o Céu e a Terra, que “não vivem para si mesmos”; Tornar-se “como um recém-nascido”; Ser um com as metamorfoses das “dez mil coisas”. Esquecer-se, desaprender, viver sem eu e ser o “sopro vital do Céu e da Terra”.

Meditar com o ch’i (força vital): respiração embriónica e por todos os poros do corpo.

V – Judaísmo: a criação do ser humano à imagem e semelhança de Deus para “guardar” e “cultivar” o Jardim da Presença divina. Da divina visão de que tudo é bom (tov) ao surgimento da dualidade ao provar do fruto da árvore do conhecimento do bem e do mal. A descoberta e ocultamento da nudez, o medo e o esconder-se da “presença de Iahweh Deus”. O exílio, os corpos limitados pela pele e a Árvore da Vida no corpo de luz. A Presença de Deus (Shekinah) no corpo e no mundo e a vaidade/vacuidade (Eclesiastes) da vida autocentrada. Teshuvah (retorno) e devekut (adesão a Deus). A meditação (hitbodedut) e a nulificação (bitul) de si e de tudo na Presença divina. Os tempos messiânicos – a terra será cheia do conhecimento de YHVH (Isaías) – e o Messias que espera por ti (Martin Buber).

Meditação: invocar YHVW na solidão e experienciá-lo na respiração.

VI – Cristianismo: a metanoia e a proximidade do “Reino dos Céus”. A presença do Reino/Deus no interior, no exterior e na não-dualidade (Evangelho de Tomé). Orar ao Pai “em segredo” e adorar Deus “em espírito (pneuma, sopro) e verdade (aletheia)”. Salvar a vida perdendo-a: “já não sou eu que vivo, mas Cristo que vive em mim”; imitar o auto-esvaziamento (kenôsis) amoroso de Cristo. A vinda do “Paraclito” e a condução “à verdade plena”. A oração de Cristo: que todos “sejam um, como nós somos um” (João). Tornar-se o Cristo cósmico (Evangelho de Tomé).

Via purgativa, iluminativa e unitiva. Mística da supra-essência (Mestre Eckhart) e mística nupcial (São João da Cruz). A mística em Portugal: o “pego” infinito da omnipresença divina em Francisco de Sousa Tavares e a intercessão redentora em Soror Isabel do Menino Jesus.

Meditação: respirar (n)o Espírito Santo; repousar na Presença divina, com ou sem o mantra cristão (maranatha).

VIII – Islamismo: Deus mais próximo que a veia jugular. A “rendição” (Islão) à omnipresença divina. O sufismo e a experiência da unicidade do ser: Whadat al- Wujûd (“Não há Deus senão Deus”). O autoconhecimento místico: “Quem se conhece a si próprio conhece o seu Senhor”; “Com o olho do meu coração vi o meu Senhor / E disse-lhe: Quem és tu? Ele disse-me: Tu!” (Hallaj); “Eu” (nafs) falso e “eu” essencial. “Morrer antes de morrer”;. Fanaa e baqaa: aniquilação e subsistência em Deus. “Sob estas vestes nada há senão Deus”; (Hallaj); “De mim fica o nome… o resto é o Amigo” (Rumî).

Meditação: Recitar/recordar (dhikr) o nome/Presença de Allah.

O QUE PODE ENCONTRAR NESTE CURSO

  • Descobrir ou aprofundar a descoberta da sua natureza profunda e do seu
    imenso potencial de Despertar espiritual.
  • Conhecimento teórico e prático de ensinamentos e métodos de meditação
    de algumas das principais tradições espirituais da humanidade.
  • Possibilidade de descobrir ou aprofundar um caminho de despertar e
    realização espiritual.
  • Descobrir a profunda convergência das tradições espirituais da
    humanidade, desenvolvendo consciência inter-espiritual.
  • Fazer um percurso ao longo de oito semanas integrado numa comunidade
    de aprendizagem e com um facilitador disponível para responder às suas questões.

 

O QUE PODE LEVAR DESTE CURSO PARA A SUA VIDA QUOTIDIANA

  • Conhecimento das sabedorias tradicionais da humanidade que a/o podem
    ajudar a viver uma vida mais florescente e com mais sentido.
  • Exercícios reflexivos e meditativos, formais e informais, que pode aplicar
    com proveito em todas as situações da vida quotidiana, sejam gratificantes ou desafiantes e difíceis.
  • Possibilidade de integrar, se assim desejar, uma comunidade de
    praticantes, on-line e presencialmente, que a/o podem ajudar a sentir-se
    apoiada/o neste caminho.

 

VALOR

100 € – Menor disponibilidade (concessão)
120 € – Valor confortável
140 € – Valor justo

 

INSCRIÇÃO

  • A inscrição deve ser feita através do formulário do Zoom constante do botão abaixo.
  • O pagamento deve ser feito da forma que consta do email de confirmação de inscrição, que receberá após a conclusão da mesma.

Partilhar

Fica a par das novidades!

RECEBE INFORMAÇÃO SOBRE OS NOVOS RETIROS, WORKSHOPS, CURSOS E ARTIGOS DO BLOG